13 junho 2014

Mitos e Verdades sobre a Homeopatia

Descubra se tratamento é lento, tem contraindicação ou efeitos colaterais


A homeopatia é uma especialidade médica de 218 anos. Tem como características principais a utilização de medicamentos em doses ultradiluídas e a abordagem holística do paciente - no momento da prescrição, levam-se em conta os sintomas físicos e emocionais, além dos aspectos sociais, familiares e ambientais. Essa abordagem individualizada é um dos fatores que contribui para os bons resultados obtidos com o tratamento.

É amplamente utilizada em vários países do mundo, com destaque para Índia, Inglaterra, França e Alemanha. No Brasil, começou a ser praticada no início do século XIX, por um médico homeopata francês, Benoit Mure, que trouxe a técnica para o Rio de Janeiro. No entanto, ao longo desse tempo surgiram questionamentos relacionados à sua prática. Esclareça abaixo algumas dúvidas sobre a homeopatia e entenda o que é mito ou verdade a respeito do tratamento.

O RESULTADO DA HOMEOPATIA É LENTO?

Depende. O remédio homeopático estimula as defesas do próprio corpo a combaterem os sintomas da doença. Sendo assim, o tempo de resposta vai depender, em grande parte, das condições do organismo. Uma criança ou um adulto jovem acometido por uma doença aguda, como uma amigdalite, por exemplo, reage rapidamente ao tratamento. Já um doente terminal, com câncer, vai ter uma resposta mais lenta, pois seu sistema imunológico está muito debilitado.

Quando a homeopatia é utilizada para tratar doenças crônicas, como bronquite, asma, doenças reumáticas, psiquiátricas e autoimunes, ocorre uma diminuição gradativa do número de crises, até que se chegue à sua remissão completa.

A HOMEOPATIA PODE SER UTILIZADA JUNTO COM OUTROS REMÉDIOS?

Sim. Em casos de pneumonia, sinusite e abscessos cutâneos, o remédio homeopático pode ser administrado junto com o antibiótico. A melhora do paciente ocorre de forma mais rápida, abreviando o tempo de doença.

Já em doenças reumáticas, como artrite reumatoide e fibromialgia, a administração do medicamento homeopático é feita simultaneamente à alopatia no início do tratamento, até que o paciente consiga interromper o uso de corticoides e anti-inflamatórios. O mesmo acontece no tratamento de doenças psiquiátricas, como depressão, ansiedade e síndrome do pânico, no qual a interrupção de antidepressivos e ansiolíticos deve ser feita de maneira gradual.

A HOMEOPATIA TRATA O DOENTE, NÃO A DOENÇA

Verdade. A escolha do medicamento homeopático se baseia no conjunto de sintomas característicos do paciente, incluindo os mentais e os físicos, bem como aspectos ambientais, sociais e familiares que possam estar relacionados com a doença atual. Isso acontece mesmo em casos agudos, como sinusite, pneumonia ou gastroenterite (diarreia e vômitos). Por isso, o tratamento homeopático é individualizado.

HOMEOPATIA NÃO APRESENTA EFEITOS COLATERAIS

Depende. A utilização de doses ultra diluídas atenua muito o risco de efeitos indesejados. Mesmo assim, doses erradas podem provocar efeitos adversos. Respeitando-se a prescrição médica, esse risco praticamente inexiste e a melhora dos sintomas ocorre de forma rápida, suave e duradoura.

QUALQUER PESSOA PODE USAR HOMEOPATIA?

Sim. Desde bebês até idosos, todos podem se beneficiar do tratamento. Em crianças, prescrevem-se glóbulos (à base de sacarose) ou tabletes (feitos de lactose). Ambos são docinhos e têm ótima aceitação dos pequenos. As gotas (de solução hidroalcoólica) são as preferidas para idosos com dificuldade de ingerir medicamentos, diabéticos e pacientes com intolerância à lactose. A homeopatia também pode ser prescrita como pomadas, cremes e óvulos vaginais.

Se ficou interessado em começar a fazer uso da homeopatia, procure um médico especializado na sua região, para orientá-lo da melhor forma possível.

Artigo publicado originalmente no Portal Personare:http://www.personare.com.br/mitos-e-verdades-sobre-homeopatia-m5083

11 janeiro 2014

Homenagem a Homeopatas pela Federação Brasileira de Homeopatia

No dia 14 de dezembro de 2013, a Federação Brasileira de Homeopatia (FBH) promoveu evento no qual agraciou seus mais ilustres membros com a "MEDALHA DE HONRA AO MÉRITO", e eu tive a honra de receber tão nobre distinção.

Foram homenageados aqueles profissionais que exerceram papel relevante durante os últimos anos, no campo da homeopatia, com seu trabalho e dedicação à especialidade, que completou 217 anos de existência em 21 de novembro de 2013.

O Presidente da FBH, Dr. Fabio Bolognani, exaltou a importância do trabalho dos homeopatas que se empenham em manter a atualização constante desta especialidade, através do desenvolvimento de pesquisas e encontros entre os profissionais,  possibilitando, assim, o aprimoramento e  o aperfeiçoamento constante do método, através do intercâmbio de experiências. Destacou, também, os trabalhos que vem sendo realizados pela FBH, em especial, o tratamento homeopático de doenças neurológicas, no Ambulatório da FBH, e o Curso de Homeopatia aplicada à Neurologia, realizado anualmente.

Foi muito gratificante receber tão bela homenagem. E tenho certeza de que todos os homeopatas homenageados, assim como eu, sentiram-se honrados e reconhecidos pelo esforço empreendido diariamente no exercício desta especialidade, pela qual somos dedicados e apaixonados, e cujo exercício tantas alegrias proporciona tanto a nós médicos, quanto aos nossos pacientes, pelo benefício de seus resultados.

Obrigada à Federação Brasileira de Homeopatia, pela linda homenagem.

Dra. Paula Mendes
                    














30 junho 2013

Curso de Homeopatia aplicada à Neurologia

A FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HOMEOPATIA realizará o 3° Curso de Homeopatia aplicada à Neurologia, entre os meses de julho e outubro de 2013, no Rio de Janeiro.

INSCRIÇÕES E PUBLICO ALVO: médicos, médicos veterinários e dentistas
Sra. DELFINA
TEL/FAX: 021 25092138
CONTATO@HOMEOPATIABRASIL.ORG.BR
Limite de vagas: mínimo de 15 e máximo de 25
LOCAL: Rua 7 de Setembro, nº 209, 1º andar, ambulatório de aulas práticas,e aulas teóricas na Rua dos Andradas nº29 , 3º andar, Centro, Rio de Janeiro.



IIIº CURSO 

HOMEOPATIA APLICADA NA NEUROLOGIA 2013


Este curso tem por objetivo facilitar a compreensão por parte dos profissionais da área da saúde envolvidos na prescrição de medicamentos homeopáticos para as principais patologias da clínica neurológica, sobretudo no tocante às SEQUELAS que são as origens dos maiores transtornos destes pacientes.
Através do estudo e reciclagem das principais patologias neurológicas, ao nível de etiologia, fisiopatologia e terapêutica, seguidas da abordagem homeopática no que tange a predisposição diatésica, seus conceitos e terapêutica, conceitos fisiológicos e fisiopatológicos, assim como o estudo dos principais medicamentos arrolados nos critérios Semelhança, o profissional estará apto para reconhecer, e estabelecer uma terapêutica homeopática coadjuvante ou eletiva eficaz, baseado nos conhecimentos científicos a partir de estudos clínicos que envolvem as principais patologias.
O estudo da Matéria Medica será objetivo e tratado com um perfil valorizado do medicamento nas áreas afins.


PROGRAMA

1- Conceitos da METODOLOGIA:

- DIATESE: seu conceito, abordagem sucinta das principais características de cada uma, e detalhada da LUETICA, dentro do modelo teórico, prático.
- ETIOLOGIA:
- SEMELHANÇA
- MATERIA MEDICA
- FISIOLOGIA
- FISIOPATOLOGIA

2- Abordagem dos DISTURBIOS COGNITIVOS:

- na PARALISIA CEREBRAL
- no ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL
- na ESCLEROSE MULTIPLA
- no AUTISMO
- no DEFICIT DA ATENÇÃO COM HIPERATIVIDADE
- na SINDROME DE DOWN
- no AUTISMO

3- Abordagem das patologias que apresentam  DISTURBIOS MOTORES- na PARALISIA CEREBRAL
- no ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL
- na ESCLEROSE MULTIPLA
- na NEUROPATIA PERIFERICA
- no PARKINSON


4- Abordagem dos distúrbios SENSITIVOS:

- nas NEUROPATIAS PERIFÉRICAS

5- Abordagem nas SINDROMES GENÉTICAS:

- nas DISTROFIAS MUSCULARES
- nas patologias do NEURONIO MOTOR: ATROFIA ESPINHAL PROGRESSIVA, ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA.
- no AUTISMO

6- Matéria Medica: alguns medicamentos abordados

- ARNICA MONTANA                                         - CICUTA VIROSA
- BARYTA CARBONICA                                     - ABSYNTHUM
- NATRUM SULFURICUM                                  - TUBERCULINUM RESID
- MYGALE LANCIODORA                                  - MORBILINUM
- TARENTULA HISPANICA                                - THALLIUM METT
- LATHYRUS                                                         - MANGANUM METTAL
- CONIUM MACULATUM                                   - ARTEMISIA
- OPIUM                                                                  - CHELLIDONIUM M
- ESCHSCHOLTIZIA CALIFORNICA                 - CARDUUS MARIAN
- OENATHE CROCATA                                        - TARAXACUM
- SOLANUM CAROLINENSIS                             - RAPHANUS SAT
- INDIGO                                                                - EUGENIA JAMB
- HELLEBORUS                                                     - BELLADONA
- SANICULA                                                           - STRAMONIUM
- ALUMINA                                                            - HYOSCIAMUS N
- MERCURIUS SOLUBILIS                                  - AGRAPHIS NUTANS
- PLUMBUM METTALICUM                               - BUFO RANA
- AMANITA PHALLOIDES                                  - CHINA OFFIC
- ZINCUM METTALICUM                                   - PHOSPHORUS
- GUACO                                                                - APIS MELL
- COBALTUM                                                        - FERRUM METT
- ANGUSTURA VERA                                          - BENZOICUM ACIDUM
- HYPERICUM PERFOLIATUM                          - LACTICUM ACIDUM
- VIPERA                                                                - CROMIUM
- CROTALLUS CASCAVELLA                            - CARCINOSINUM
- IGNATIA                                                              - NATRUM MUR
- THIOSINAMINUM                                              - OUTROS MEDICAM
- CAUSTICUM                                                       - ORGANOTERAPICOS
- CIMEX                                                                  - PLATINA


7- Revisão de NEUROANATOMIA E NEUROFISIOLOGIA

8- Aulas práticas: AMBULATORIO: 3º feiras manhã ou sábado do curso 8h/12h